“O pacote de bondades tem impacto. Não devemos subestimar Bolsonaro”, adverte Liana Cirne

“Temos que ter cuidado para não tratar essa eleição como um fato dado”, advertiu a vereadora e jurista

www.brasil247.com -
(Foto: Guga Matos | Clauber Cleber Caetano/PR)


247 - A vereadora do PT em Recife e professora de Direito na UFPE, Liana Cirne Lins, afirmou durante participação no programa Giro das Onze, da TV 247, que não se pode subestimar a força do bolsonarismo e apontou que a PEC do desespero, com uma série de benefícios sociais aprovados exclusivamente para o período eleitoral, pode impactar no resultado das urnas.

“O pacote de bondades tem impacto. Não devemos subestimar a força de Bolsonaro. Esse foi um erro que cometemos na eleição de 2018”, afirmou Liana, que é candidata a deputada federal.

“Estou em Pernambuco, que é 75% de Lula. É uma outra realidade, mas mesmo assim, para quem está com dificuldade de comprar a cesta-básica e recebe R$ 600 e a forma como Bolsonaro vai usar isso na campanha terá um impacto”, analisou. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

E acrescenta: “Temos que ter cuidado para não tratar essa eleição como um fato dado, pois ela não está. Temos que estar preparados para lidar com o oportunismo e golpe eleitoral”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email