"O que não foi fraude na eleição deste boçal?", indaga Jessé Souza sobre Bolsonaro

"Quando iremos, finalmente, nos livrar deste usurpador? Que o Equador nos sirva de exemplo!", disse o sociólogo Jessé Souza, ao comentar a confissão do WhatsApp de que a eleição brasileira de 2018 teve uso de envios massivos de mensagens

Jessé Souza, Temer e Bolsonaro.
Jessé Souza, Temer e Bolsonaro.

247 - O sociólogo Jessé Souza comentou nas redes sociais a confissão do WhatsApp de que a eleição brasileira de 2018 teve uso de envios massivos de mensagens, com sistemas automatizados contratados de empresas. A campanha de Jair Bolsonaro beneficiou-se com o disparo de fake news.

"A 'onda', dos últimos dias da eleição de Bolsonaro, foi provocada por impulsos ilegais com mentiras no WhatsApp de pessoas vulneráveis. O que não foi fraude na eleição deste boçal?", indagou.

Jessé Souza exortou uma reação e apontou o levante contra a política neoliberal no Equador como exemplo a ser seguido. "Quando iremos, finalmente, nos livrar deste usurpador? Que o Equador nos sirva de exemplo!", disse.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247