HOME > Brasil

Odebrecht agora diz que só se pronuncia em juízo

Em meio à polêmica sobre o suposto acordo de delação de Delcidio do Amaral (PT-MS), não confirmado pelo senador, o empreiteiro Marcelo Odebrecht voltou atrás e disse que não vai mais colaborar com as investigações da Lava Jato envolvendo o marqueteiro João Santana; advogados do executivo informaram nesta quinta-feira ao juiz Sérgio Moro que ele só vai se pronunciar em juízo, “se for o caso”

Em meio à polêmica sobre o suposto acordo de delação de Delcidio do Amaral (PT-MS), não confirmado pelo senador, o empreiteiro Marcelo Odebrecht voltou atrás e disse que não vai mais colaborar com as investigações da Lava Jato envolvendo o marqueteiro João Santana; advogados do executivo informaram nesta quinta-feira ao juiz Sérgio Moro que ele só vai se pronunciar em juízo, “se for o caso” (Foto: Roberta Namour)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Em meio à polêmica sobre o suposto acordo de delação de Delcidio do Amaral (PT-MS), não confirmado pelo senador, o empreiteiro Marcelo Odebrecht voltou atrás e disse que não vai mais colaborar com as investigações da Lava Jato envolvendo o marqueteiro João Santana.

Os advogados do executivo informaram nesta quinta-feira ao juiz Sérgio Moro que ele só vai se pronunciar em juízo, “se for o caso”, segundo reportagem de Renato Onofre. Eles pedem ainda que o seu cliente seja transferido da carceragem da Polícia Federal, em Curitiba, para o Complexo Médico Penal em Pinhais.

Marcelo Odebrecht é acusado pelos investigadores de comandar um esquema que pode ter alimentado campanhas comandadas por Santana no Brasil e no exterior (leia aqui).

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: