Paciência de Mourão com Bolsonaro se esgotou e ele espera apoio da centro-direita

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, demonstrou a interlocutores que está disposto a ir ao tudo ou nada contra Jair Bolsonaro com respaldo da direita que rompeu com a extrema direita bolsonarista

Hamilton Mourão
Hamilton Mourão (Foto: ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Um dos efeitos colaterais do golpismo de Jair Bolsonaro é a reação do general Hamilton Mourão, vice-presidente da República. Mourão recebeu informes de que terá apoio da centro-direita se Bolsonaro for afastado pelo Congresso num processo de impeachment.

Pessoas que estiveram com Mourão nesta terça-feira (7), dizem que a paciência dele se esgotou e que ele estaria disposto a ir para o tudo ou nada contra Bolsonaro, informa a Coluna do Estadão. Mas ele sofre neste momento forte pressão do presidente.

Depois dos atos do 7 de Setembro, no entanto, o vice teria ficado extremamente contrariado com o tom da coisa toda e a ideia lançada por Jair Bolsonaro de convocar o Conselho da República.

PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email