Pai de santo diz que Dilma deve se proteger de Cunha

Um pai de santo procurou a presidente Dilma Rousseff nesta quinta (26) no Palácio do Planalto para entregar-lhe uma carta em que mostrava para a presidente que ela precisa se defender de alguns políticos, principalmente do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ); identificado como Pai Uzêda, o babalorixá afirmou que Cunha "é a besta"; "O trabalho dele é destituir a Dilma. Ele é um pai de santo de mão cheia, ele entende do canjerê. Basta olhar para a sua aura. Se deixar, ele vai ser o presidente do Brasil. Ele é protegido pelo povo de rua, ele tem o poder sobre o mal", disse

Um pai de santo procurou a presidente Dilma Rousseff nesta quinta (26) no Palácio do Planalto para entregar-lhe uma carta em que mostrava para a presidente que ela precisa se defender de alguns políticos, principalmente do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ); identificado como Pai Uzêda, o babalorixá afirmou que Cunha "é a besta"; "O trabalho dele é destituir a Dilma. Ele é um pai de santo de mão cheia, ele entende do canjerê. Basta olhar para a sua aura. Se deixar, ele vai ser o presidente do Brasil. Ele é protegido pelo povo de rua, ele tem o poder sobre o mal", disse
Um pai de santo procurou a presidente Dilma Rousseff nesta quinta (26) no Palácio do Planalto para entregar-lhe uma carta em que mostrava para a presidente que ela precisa se defender de alguns políticos, principalmente do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ); identificado como Pai Uzêda, o babalorixá afirmou que Cunha "é a besta"; "O trabalho dele é destituir a Dilma. Ele é um pai de santo de mão cheia, ele entende do canjerê. Basta olhar para a sua aura. Se deixar, ele vai ser o presidente do Brasil. Ele é protegido pelo povo de rua, ele tem o poder sobre o mal", disse (Foto: Valter Lima)

247 - Um pai de santo procurou a presidente Dilma Rousseff na tarde desta quinta-feira (26) no Palácio do Planalto para entregar-lhe uma carta em que mostrava para a presidente que ela precisa se defender de alguns políticos, principalmente do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Identificado como Pai Uzêda, o babalorixá conseguiu entrar no Planalto com autorização de uma funcionária da Secretaria de Relações Institucionais. "O Eduardo Cunha é a besta. O trabalho dele é destituir a Dilma. Ele é um pai de santo de mão cheia, ele entende do canjerê. Basta olhar para a sua aura", afirmou Pai Uzêda em entrevista à Folha. "Se deixar, ele vai ser o presidente do Brasil. Ele é protegido pelo povo de rua, ele tem o poder sobre o mal", completou. Ele foi convidado a deixar o Palácio pelos seguranças. Ele não se encontrou com Dilma. 

"Ela [Dilma] está desprotegida mas ainda está em tempo de se recuperar. Eu sou fã dela mas ela precisa ser mais humilde. A mosca azul mordeu ela. Ela mexeu nos direitos dos trabalhadores. Ela não pode desfazer o que Lula, seu mentor, fez antes", disse Pai Uzêda, explicando que ser mordido pela mosca azul significa que ela, eleita pelo povo, não se importa mais com ele.

Na carta, Pai Uzêda se propõe a fazer uma "limpeza" para Dilma com defumadores, pó de café e sal grosso. Ele recomenda ainda, que a presidente não coma fora de casa porque seu anjo da guarda estaria desprotegido

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247