Fux diz a aliados que anulação da Lava Jato seria "uma vergonha nacional"

Ministro de confiança de Moro, da famosa frase ‘in Fux we trust’, presidente do Supremo avalia, em conversas reservadas, que “o respeito ao STF vai para o esgoto” caso a Lava Jato seja anulada, informa a coluna Radar, da Veja

Luiz Fux
Luiz Fux (Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, que em diversas ocasiões defendeu a continuação da Operação Lava Jato mesmo após revelações das ilegalidades cometidas por sua força-tarefa e Sergio Moro, afirmou em conversas reservadas que o fim da operação seria uma "vergonha nacional".

Segundo a coluna Radar, da Veja, o ministro disse a aliados, após ser questionado sobre o risco de toda a Lava Jato ser anulada pela Corte: “Não quero nem pensar nisso. Um absurdo. Uma vergonha nacional. O respeito ao STF vai para o esgoto”.

Em 2019, foram vazados diálogos que comprovam a posição de Fux como um defensor da operação. O ex-juiz Sergio Moro foi autor da famosa declaração "In Fux we trust".

Em novembro do ano passado, Fux afirmou também que "não permitirá que haja a desconstrução da operação Lava Jato".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email