Para Ministério Público Federal, investigações sobre Flávio Bolsonaro devem continuar na esfera estadual

As investigações sobre lavagem de dinheiro por parte de Flávio Bolsonaro deverão continuar na esfera estadual, segundo entendimento do MPF

www.brasil247.com - Flávio Bolsonaro
Flávio Bolsonaro (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)


247 - O Ministério Público Federal confirmou na semana passada que a competência para investigar o senador Flávio Bolsonaro por lavagem de dinheiro é do  Ministério Público do Rio de Janeiro. 

O MPF analisou o parecer do procurador Sérgio Pinel, do RJ, que avaliou não haver nos autos elementos que atraiam a atribuição federal para apurar, processar e julgar os eventuais delitos, informa o Painel da Folha de S.Paulo.

O procurador Sérgio Pinel corrobora em seu parecer as suspeitas levantadas pela Promotoria fluminense na compra e venda de três imóveis na zona sul carioca. Ele escreveu, porém, que a atribuição seria federal apenas se houvesse evidência de evasão de divisas nas transações que envolveram uma offshore no Panamá.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247