Paraná Pesquisas: mídia e Judiciário blindam tucanos e peemedebistas

Um levantamento exclusivo feito pelo Instituto Paraná Pesquisas, para o 247, revela que o Brasil não tem uma mídia isenta nem um Poder Judiciário imparcial, na visão do povo; de acordo com o levantamento, 61% dos brasileiros já se deram conta de que esses dois poderes protegem nomes do PMDB e do PSDB, que formam a aliança golpista; entre os tucanos e peemedebistas delatados pelas empreiteiras, constam nomes como os ministros José Serra e Eliseu Padilha, o governador Geraldo Alckmin, os senadores Aécio Neves e Romero Jucá, além do próprio Michel Temer; ou seja: ao contrário do que prometeu o procurador-geral Rodrigo Janot, pau que bate em Chico, não bate em Francisco

Um levantamento exclusivo feito pelo Instituto Paraná Pesquisas, para o 247, revela que o Brasil não tem uma mídia isenta nem um Poder Judiciário imparcial, na visão do povo; de acordo com o levantamento, 61% dos brasileiros já se deram conta de que esses dois poderes protegem nomes do PMDB e do PSDB, que formam a aliança golpista; entre os tucanos e peemedebistas delatados pelas empreiteiras, constam nomes como os ministros José Serra e Eliseu Padilha, o governador Geraldo Alckmin, os senadores Aécio Neves e Romero Jucá, além do próprio Michel Temer; ou seja: ao contrário do que prometeu o procurador-geral Rodrigo Janot, pau que bate em Chico, não bate em Francisco
Um levantamento exclusivo feito pelo Instituto Paraná Pesquisas, para o 247, revela que o Brasil não tem uma mídia isenta nem um Poder Judiciário imparcial, na visão do povo; de acordo com o levantamento, 61% dos brasileiros já se deram conta de que esses dois poderes protegem nomes do PMDB e do PSDB, que formam a aliança golpista; entre os tucanos e peemedebistas delatados pelas empreiteiras, constam nomes como os ministros José Serra e Eliseu Padilha, o governador Geraldo Alckmin, os senadores Aécio Neves e Romero Jucá, além do próprio Michel Temer; ou seja: ao contrário do que prometeu o procurador-geral Rodrigo Janot, pau que bate em Chico, não bate em Francisco (Foto: Leonardo Attuch)

247 – O Brasil não tem uma mídia isenta nem um Poder Judiciário imparcial.

É o que aponta um levantamento exclusivo feito pelo Instituto Paraná Pesquisas, para o 247.

De acordo com o levantamento, 61% dos brasileiros já se deram conta de que esses dois poderes protegem nomes do PMDB e do PSDB, que formam a aliança golpista.

A percepção de falta de isenção se dá em todo o território nacional: 63,3% no Sudeste, 62,8% no Sul, 59% no Norte e Centro-Oeste e 57,4% no Nordeste.

Entre os tucanos e peemedebistas delatados pelas empreiteiras, constam nomes como os ministros José Serra e Eliseu Padilha, o governador Geraldo Alckmin, os senadores Aécio Neves e Romero Jucá, além do próprio Michel Temer.

Ou seja: ao contrário do que prometeu o procurador-geral Rodrigo Janot, pau que bate em Chico, não bate em Francisco.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247