É falso que Igreja Universal venda álcool em gel ungido por R$ 500

A foto analisada pela Lupa é uma montagem. A Igreja Universal do Reino de Deus não está vendendo álcool em gel ungido pelos bispos nos seus templos

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)


Da Agência Lupa - Circula pelas redes sociais uma foto que mostra um pote de álcool em gel com o logotipo da Igreja Universal do Reino de Deus. O texto exibido na imagem diz que o frasco custa um “sacrifício” de R$ 500 e que o pagamento pode ser feito com diferentes tipos de cartão. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa​:

A foto analisada pela Lupa é uma montagem. A Igreja Universal do Reino de Deus não está vendendo álcool em gel ungido pelos bispos nos seus templos. O fotógrafo Márcio Silva fez o registro original, que ilustra um texto no portal Amazonas1. A reportagem, publicada em 29 de fevereiro, informa sobre a eficácia do produto para eliminar o novo coronavírus. O rótulo do frasco teve o conteúdo substituído e as cores ficaram mais vivas na nova versão da imagem. Foi feita também uma reprodução da cena em perspectiva.

Em nota divulgada em seu site, a Universal afirma que os responsáveis pela montagem “só desejam estimular o ódio contra a Igreja Universal do Reino de Deus, seus bispos, pastores e fiéis”. Recentemente, o bispo Edir Macedo, criador da Universal, divulgou um vídeo em que dizia que o novo coronavírus era uma estratégia de Satanás e da mídia para criar pânico na população. Criticado, ele tirou a gravação do ar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nesta quinta-feira (19), começou a circular nas redes sociais um vídeo com um homem não identificado que fala para uma plateia sobre a imagem do álcool em gel ungido, projetada em um telão. Muitos dos posts pegaram apenas o trecho inicial da fala e, a partir disso, disseram que se tratava do registro de um pastor da Universal tentando vender o produto. A versão mais longa da gravação encontrada pela Lupa, com 53 segundos, no entanto, mostra que o homem critica a foto a partir dos 34 segundos. “É isso que eu tô te falando. O evangelho hoje em dia está banalizado por causa dessa pouca vergonha aqui [aponta para a foto]. Cê tá me entendendo? Tá banalizado por conta disso. E o povo sabe que eu denuncio mesmo. Eu não tô nem aí”, afirma. Não foi possível identificar o palestrante, nem quando foi feita essa apresentação. Mas não se trata de um pastor vendendo o álcool em gel ungido.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email