Paulo Guedes depõe ao MPF sobre irregularidades em investimentos

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, deverá prestar depoimento ao Ministério Público Federal (MPF) na próxima quarta-feira, 5, sobre as suspeitas de irregularidades em um investimento de R$ 112,5 milhões feito pelo FIP Brasil Governança, que é gerido pela BR Educacional, empresa ligada a Guedes, ao fundo de pensão dos funcionário da Caixa Econômica Federal, o Funcef

Paulo Guedes depõe ao MPF sobre irregularidades em investimentos
Paulo Guedes depõe ao MPF sobre irregularidades em investimentos (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

247 - O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, deverá prestar depoimento ao Ministério Público Federal (MPF) na próxima quarta-feira, 5, sobre as suspeitas de irregularidades em um investimento de R$ 112,5 milhões feito pelo FIP Brasil Governança, que é gerido pela BR Educacional, empresa ligada a Guedes, ao fundo de pensão dos funcionário da Caixa Econômica Federal, o Funcef.

O relatório da Funcef revelado pelo Estado elenca uma série de indícios de irregularidades no investimento na Enesa. Entre eles, estão o pagamento de dividendos incompatível com seus lucros, uso de empresas de fachada para justificar o enquadramento da empresa como uma holding e pagamento de ágio acima do normal. A Funcef aponta que a Enesa Participações pode ter sido criada apenas para receber os aportes do FIP administrado pela empresa de Guedes e financiado com dinheiro dos fundos de pensão.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247