Bilionário, Paulo Guedes recebe mordomias de R$ 8,2 mil para morar e comer

O ministro da Economia, Paulo Guedes é um crítico ácido dos gastos com o funcionalismo público, que xingou de parasitas. Mas a regra de contenção de despesas do governo não vale para ele. Até julho, o ministro bilionário recebia, além do salário, diárias para dar expediente no Rio, inclusive em datas em que não cumpriu agenda

(Foto: Reuters | Wilson Dias/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Paulo Guedes, ministro da Economia, recebe dos cofres públicos R$ 7.733 por mês de auxílio-moradia e passagens para ir de Brasília ao Rio, onde mora. 

A verba é embolsada por Guedes além do alto salário de R$ 30,9 mil. A informação é do Painel da Folha de S.Paulo, que aponta que Guedes recebia também até julho, diárias (R$ 7.501 ao todo) para dar expediente na cidade onde mora, incluindo em datas sem compromisso na agenda. 

Das 60 viagens que Guedes fez com dinheiro público no ano passado, 38 aconteceram a partir de quinta-feira, tendo como destino o Rio. 

Além da facilidade de viajar para casa, incluindo fins de semana, Guedes recebe R$ 458 a título de auxílio-alimentação.

Guedes é o ministro que comparou a parasitas os servidores públicos e criticou empregadas domésticas que viajavam para Miami nos tempos do dólar baixo. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247