Paulo Marinho depõe à PF por 5 horas, mas retorna para novo interrogatório nesta quinta

Paulo Marinho prestará novo depoimento amanhã ao MPF para esclarecer sobre o vazamento da Operação Furna da Onça para Flávio Bolsonaro

Empresário Paulo Marinho
Empresário Paulo Marinho (Foto: Roque de Sá/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Após 5 horas de depoimento, o empresário Paulo Marinho deixou a Polícia Federal e deve voltar nesta quinta-feira (21) para prestar novo depoimento, desta vez para Ministério Público Federal (MPF), sobre o vazamento da Operação Furna da Onça em 2018 para Flávio Bolsonaro. 

A PF reabriu um inquérito para investigar a suspeita de vazamento da operação. No ano passado, os investigadores suspeitaram do vazamento quando um dos alvos da operação, deflagrada em 2018, no ato de prisão, aguardava os policiais vestido e portando um diploma universitário.

O inquérito foi encerrado porque não se chegou ao autor do vazamento. Mas diante das declrações de Paulo Marinho, o processo foi reaberto.

De acordo com reportagem do site Antagonista, o procurador Eduardo Benones, que chefia o Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial, vai colher o depoimento de Marinho nesta quinta. Ele acompanhou o depoimento do empresário à PF e considerou positivo o relato apresentando sobre o caso.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email