Paulo Pimenta pede investigação sobre vazamento para família Bolsonaro

De acordo com a jornalista e colunista Mônica Bergamo, o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) apresentará representação à Procuradoria-Geral da República nesta segunda-feira (10) pedindo investigação sobre possível vazamento de informações da Operação Furna da Onça para a família do presidente eleito, Jair Bolsonaro, durante as eleições 2018

Paulo Pimenta pede investigação sobre vazamento para família Bolsonaro
Paulo Pimenta pede investigação sobre vazamento para família Bolsonaro

247 - De acordo com a jornalista e colunista Mônica Bergamo, o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) apresentará representação à Procuradoria-Geral da República nesta segunda-feira (10) pedindo investigação sobre possível vazamento de informações da Operação Furna da Onça para a família do presidente eleito, Jair Bolsonaro, durante as eleições 2018.

"No âmbito das investigações, o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) enviou ao MPF (Ministério Público Federal) um relatório que mostrava que Fabrício de Queiroz, ex-funcionário de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), fez movimentações atípicas de R$ 1,2 milhão e depositou R$ 24 mil para a mulher de Bolsonaro, Michelle", conta Bergamo.

Para Pimenta, há indícios de que a família Bolsonaro foi avisada sobre a investigação e teria tomado providências para tentar se blindar. Tanto Fabrício de Queiroz quanto a filha do ex-assessor, Nathália, pediram exoneração de seus cargos nos gabinetes de Flávio e Jair Bolsonaro, respectivamente, no mesmo dia, em 15 de outubro de 2018.

"Um dia depois, diz Pimenta, o MPF pediu autorização para deflagrar a Operação Furna da Onça, para prender sete deputados estaduais que são colegas de Flávio Bolsonaro e também assessores desses parlamentares. Eles são acusados de receber um "mensalinho" do governo de Sérgio Cabral para votar a favor de projetos da administração", afirma a jornalista.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247