PC Siqueira é acusado de pedofilia e Felipe Neto fala em caso de polícia

Youtuber, um dos mais influentes do Brasil, até agora não se pronunciou

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – "O youtuber PC Siqueira é acusado de ter cometido pedofilia. Um perfil do Twitter divulgou, nesta quarta-feira (10/06), prints de supostas conversas do criador de conteúdo onde ele compartilharia a foto de uma criança de 6 anos nua", informa o portal Metrópoles. 

"Na suposta conversa, PC Siqueira falaria com um amigo, que teve o nome preservado. Ele diz que a mãe da criança teria enviado as fotos da filha. “Ela parou porque sabe que pode dar merda”, teria dito o youtuber. No Twitter, o assunto virou o mais comentado da rede social e até o momento, o youtuber PC Siqueira ainda não se pronunciou", aponta ainda a reportagem. 

Amigo de PC Siqueira, Felipe Neto reagiu. "Falei e repito: se o vídeo do PC Siqueira for verdade, o caso é de POLÍCIA. Pra mim, quem comete crime de pedofilia tem q receber uma pena exemplar! Dá pra ser mais direto q isso? Ou eu tenho q ir lá dar um tiro no cara pra vcs perceberem q não tem passada de pano aqui?", postou.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247