PDT busca empresário para ser vice de Ciro em 2018

O presidente do PDT, Carlos Lupi, afirmou que o partido mantém conversas com empresários com vistas à formação de uma chapa presidencial encabeçada pelo ex-ministro e ex-governador do Ceará, Ciro Gomes; "Temos que buscar em São Paulo ou em Minas um vice com origem no setor produtiva, alguém que produz", disse; Lupi afirmou que se inspira na dupla que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva formou com o político mineiro e empresário do setor têxtil José Alencar (1931-2011), chapa eleita e reeleita em 2002 e 2006; o presidente do PDT não quis citar nomes, porém

O presidente do PDT, Carlos Lupi, afirmou que o partido mantém conversas com empresários com vistas à formação de uma chapa presidencial encabeçada pelo ex-ministro e ex-governador do Ceará, Ciro Gomes; "Temos que buscar em São Paulo ou em Minas um vice com origem no setor produtiva, alguém que produz", disse; Lupi afirmou que se inspira na dupla que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva formou com o político mineiro e empresário do setor têxtil José Alencar (1931-2011), chapa eleita e reeleita em 2002 e 2006; o presidente do PDT não quis citar nomes, porém
O presidente do PDT, Carlos Lupi, afirmou que o partido mantém conversas com empresários com vistas à formação de uma chapa presidencial encabeçada pelo ex-ministro e ex-governador do Ceará, Ciro Gomes; "Temos que buscar em São Paulo ou em Minas um vice com origem no setor produtiva, alguém que produz", disse; Lupi afirmou que se inspira na dupla que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva formou com o político mineiro e empresário do setor têxtil José Alencar (1931-2011), chapa eleita e reeleita em 2002 e 2006; o presidente do PDT não quis citar nomes, porém (Foto: Giuliana Miranda)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente do PDT, Carlos Lupi, afirmou que o partido mantém conversas com empresários com vistas à formação de uma chapa presidencial encabeçada pelo ex-ministro e ex-governador do Ceará, Ciro Gomes. "Temos que buscar em São Paulo ou em Minas um vice com origem no setor produtiva, alguém que produz", disse. Lupi afirmou que se inspira na dupla que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva formou com o político mineiro e empresário do setor têxtil José Alencar (1931-2011), chapa eleita e reeleita em 2002 e 2006. O presidente do PDT não quis citar nomes, porém.

As informações são do Valor.

"Segundo Lupi, Ciro será candidato à Presidência em 2018 pelo PDT, "independentemente de Lula disputar ou não" o mesmo cargo. Para ele, ministro do Trabalho nas gestões petistas, seu ex-chefe foi o melhor presidente que o Brasil já teve, "mas o modelo do Lula para o Brasil se esgotou".

O PDT quer ainda lançar a candidatura do ex-deputado federal Gabriel Chalita ao governo de São Paulo, informou, algo que serviria de apoio ao projeto presidencial. Chalita foi secretário de Educação do governador paulista Geraldo Alckmin (PSDB), candidato a prefeito de São Paulo em 2012 pelo PMDB com o apoio do atual presidente, Michel Temer, e candidato a vice na chapa de Fernando Haddad (PT), que perdeu a reeleição para a prefeitura paulistana neste ano.

Ciro foi ministro da Integração Nacional no primeiro mandato de Lula e, quando ainda era filiado ao PSDB, ministro da Fazenda de Itamar Franco no último quadrimestre de 1994. Ele já disputou a Presidência da República em duas ocasiões, ambas pelo PPS. Em 1998, ficou em terceiro com 11% dos votos. Quatro anos depois, ficou em quarto, mas com votação ligeiramente maior, 12%. Na última pesquisa Datafolha, em 7 e 8 de dezembro, apareceu com 6% no melhor cenário.

Apesar de enfrentar o noticiário negativo e o desgaste do impeachment de Dilma Rousseff, Lula lidera e aparece com tendência de crescimento nas pesquisas. O petista tem alimentado a ideia de que será candidato novamente. Mas, réu em cinco processos, não é descartada a hipótese de ser condenado em segunda instância, enquadrado na Lei da Ficha Limpa e impedido de concorrer."

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email