Pedágio tem reajuste em São Paulo. Caminhoneiros observam

Entra em vigor nesta segunda-feira, mais um reajuste de 4,6% nos pedágios paulistas. Na Imigrantes e na Anchieta, os preços chegam a R$ 27,40; a tensão entre governo e caminhoneiros pode subir junto com os preços da praça de pedágios mais cara do país

Caminhoneiro anuncia greve e diz que governo joga gasolina na fogueira
Caminhoneiro anuncia greve e diz que governo joga gasolina na fogueira (Foto: REUTERS/Rodolfo Buhrer)

247 - Entra em vigor nesta segunda-feira, mais um reajuste de 4,6% nos pedágios paulistas. Na Imigrantes e na Anchieta, os preços chegam a R$ 27,40. A tensão entre governo e caminhoneiros pode subir junto com os preços da praça de pedágios mais cara do país. 

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca a declaração de um dos líderes da categoria, José Roberto Stringasci: "com certeza afeta a nossa categoria. Mas esses reajustes são repassados ao consumidor final."

A matéria ainda informa que "a NTC, associação do transporte de cargas e logística, faz ressalva. 'Quem fizer trajeto dos contêineres, de Santos a São Paulo, uma rota curta em que se gasta de pedágio quase o mesmo que de combustível, é que vai sentir o impacto. De resto, o peso não é grande', Lauro Valdivia, assessor técnico."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247