Perfil psicológico do ex-juiz suspeito Moro revelou autoritarismo e sede de poder

Trabalho foi encomendado pelos advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Martins no processo que correu no Comitê de Direitos Humanos da ONU

www.brasil247.com - Cristiano Zanin Martins, Valeska Teixeira Zanin Martins e Sergio Moro
Cristiano Zanin Martins, Valeska Teixeira Zanin Martins e Sergio Moro (Foto: Reprodução | Reuters)


247 – O ex-juiz suspeito Sergio Moro, declarado parcial pela suprema corte brasileira e pelo Comitê de Direitos Humanos das Nações Unidas, por ter perseguido o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, abrindo espaço para a ascensão de um regime neofascista no Brasil, tem perfil autoritário e sede de poder, segundo informa a coluna da jornalista Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo.

"Os advogados do ex-presidente Lula (PT) contrataram uma especialista em psicologia forense nos EUA para analisar o perfil psicológico de Sergio Moro (União Brasil), a quem sempre acusaram de comandar os processos contra o ex-presidente de forma parcial. A conclusão da profissional, segundo eles, foi a de que o ex-juiz tem perfil psicológico autoritário e ambição de poder. As informações foram usadas por eles para sustentar, no Comitê de Direitos Humanos da ONU, a acusação de que o ex-juiz perseguiu Lula e não deu a ele o direito a um julgamento justo. Nesta semana, o órgão concluiu que Moro foi parcial", escreve a jornalista.

"Queríamos ter a certeza de que estávamos fazendo uma análise de perfil adequada do ex-juiz perante o órgão, que é da maior importância", diz o advogado Cristiano Zanin, que representa Lula. "Era preciso trabalhar com suporte técnico sólido. Depois do parecer, assinado por uma das maiores psicólogas forenses dos EUA, pudemos ter a certeza de que Moro tinha de fato ambições políticas e sede de poder, o que o tempo provou ser verdadeiro", segue o advogado. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email