PF detém ex-braço direito de Trump para depor sobre atos antidemocráticos

Mandado contra o empresário Jason Miller foi expedido pelo ministro do STF Alexandre de Moraes

Jason Miller, Jair e Eduardo Bolsonaro
Jason Miller, Jair e Eduardo Bolsonaro (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A Polícia Federal deteve, na manhã desta terça-feira (7), o empresário e ex-braço direito do ex-presidente estadunidense Donald Trump, Jason Miller, no Aeroporto Internacional de Brasília. De acordo com reportagem do jornalista Igor Gadelha, do Metrópoles, a ordem partiu do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. 

Miller foi detido quando estava na iminência de embarcar para os Estados Unidos em um jato particular. Ele deverá prestar depoimento sobre sua suposta participação na organização dos atos antidemocráticos no Brasil. 

O empresário estava no Brasil para participar da Conferência de Ação Política Conservadora (Cpac), realizada neste final de semana, em Brasília. O congresso de extrema direita foi organizado pelo deputado Eduardo Bolsonaro. 

PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais: 

 

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email