PF divulga áudios sobre manipulação do mercado de ações pela J&F

A Polícia Federal apreendeu áudios de Wesley Batista, do grupo J&F, na Operação Tendão de Aquiles, que investiga manipulação do mercado de ações por ele e seu irmão Joesley; Wesley conversa com dois interlocutores, um identificado como 'Rafa' e outro como 'Carlão'; '“Rafa, você viu mais com relação a limite pra fazer NDF nos outros banco, como é que ficou Goldman, como é que ficou Morgan Stanley? E do banco Original, nós não chegamos a ter 1 bilhão lá? Por que só 300?”, questiona o empresário

A Polícia Federal apreendeu áudios de Wesley Batista, do grupo J&F, na Operação Tendão de Aquiles, que investiga manipulação do mercado de ações por ele e seu irmão Joesley; Wesley conversa com dois interlocutores, um identificado como 'Rafa' e outro como 'Carlão'; '“Rafa, você viu mais com relação a limite pra fazer NDF nos outros banco, como é que ficou Goldman, como é que ficou Morgan Stanley? E do banco Original, nós não chegamos a ter 1 bilhão lá? Por que só 300?”, questiona o empresário
A Polícia Federal apreendeu áudios de Wesley Batista, do grupo J&F, na Operação Tendão de Aquiles, que investiga manipulação do mercado de ações por ele e seu irmão Joesley; Wesley conversa com dois interlocutores, um identificado como 'Rafa' e outro como 'Carlão'; '“Rafa, você viu mais com relação a limite pra fazer NDF nos outros banco, como é que ficou Goldman, como é que ficou Morgan Stanley? E do banco Original, nós não chegamos a ter 1 bilhão lá? Por que só 300?”, questiona o empresário (Foto: Romulo Faro)

247 - A Polícia Federal apreendeu áudios de Wesley Batista, do grupo J&F, na Operação Tendão de Aquiles, que investiga manipulação do mercado de ações por ele e seu irmão Joesley.

Na gravação divulgada nesta sexta-feira, Wesley Batista conversa com dois interlocutores, um identificado como 'Rafa' e outro como 'Carlão'. 'Rafa', de acordo com as investigações, seria o diretor de controle de risco da JBS, Rafael Harada.

“Rafa, você viu mais com relação a limite pra fazer NDF nos outros banco, como é que ficou Goldman, como é que ficou Morgan Stanley? E do banco Original, nós não chegamos a ter 1 bilhão lá? Por que só 300?”, questiona o empresário.

A polícia suspeita de que o teor da conversa seja sobre manipulação do mercado de ações para beneficiar a companhia dos Batista.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247