PF faz operação contra fraude de R$ 12 mi no INSS

Operação do núcleo da Força-Tarefa Previdenciária, composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal, visa desarticular quadrilha especializada em fraudes previdenciárias; estão sendo cumpridos 44 mandados de busca e apreensão na capital e Grande São Paulo; estimativa é que os prejuízos resultantes da operação da quadrilha tenham chegado a R$ 12 milhões

Operação do núcleo da Força-Tarefa Previdenciária, composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal, visa desarticular quadrilha especializada em fraudes previdenciárias; estão sendo cumpridos 44 mandados de busca e apreensão na capital e Grande São Paulo; estimativa é que os prejuízos resultantes da operação da quadrilha tenham chegado a R$ 12 milhões
Operação do núcleo da Força-Tarefa Previdenciária, composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal, visa desarticular quadrilha especializada em fraudes previdenciárias; estão sendo cumpridos 44 mandados de busca e apreensão na capital e Grande São Paulo; estimativa é que os prejuízos resultantes da operação da quadrilha tenham chegado a R$ 12 milhões (Foto: Paulo Emílio)

247 - Uma operação do núcleo da Força-Tarefa Previdenciária, composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal, visando desarticular uma quadrilha especializada em fraudes previdenciárias foi iniciada na manhã desta quarta-feira (1).

Estão sendo cumpridos 44 mandados de busca e apreensão na capital e Grande São Paulo. A estimativa é que os prejuízos resultantes da operação da quadrilha tenham chegado a R$ 12 milhões.

A Polícia Federal solicitou o afastamento de 7 peritos e dois técnicos do setor de seguro social. Ainda segundo a PF, o esquema também contava com a participação de servidores públicos, peritos, médicos-assistentes, técnicos em radiologia, advogados e falsários.

Os investigados na Operação Trânsito serão indiciados pelos crimes de corrupção ativa e passiva, estelionato e falsificação previdenciária, falsidade ideológica, inserção de dados falsos em sistema de informações, além da formação de organização criminosa.

 

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247