PF prende ex-governador do Tocantins

A operação deflagrada nesta quinta-feira (26) envolvendo o ex-governador de Tocantins Marcelo Miranda tem como objetivo desarticular uma organização criminosa suspeita de prática constante de irregularidades, como fraudes em licitações e desvios de recursos públicos

Ex-governador de Tocantins Marcelo Miranda
Ex-governador de Tocantins Marcelo Miranda (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Polícia Federal prendeu nesta quinta-feira (26) o ex-governador de Tocantins Marcelo Miranda, em Brasília (DF), no apartamento funcional da mulher dele, a deputada Dulce Miranda. O chefe do Executivo estadual é investigado em operação sobre corrupção. A parlamentar não é investigada. Em Palmas, um mandado de busca e apreensão está sendo cumprido na casa do ex-governador.

A operação deflagrada nesta quinta-feira (26) visa desarticular uma organização criminosa suspeita de prática constante de atos de corrupção, fraudes em licitações, peculato, desvios de recursos públicos, recebimento de vantagens indevidas, falsificação de documentos e lavagem de capitais. 

De acordo com relato do G1, a defesa do ex-governador informou que "a princípio não há fatos que justifiquem o pedido de prisão", mas vai se posicionar somente após ter acesso à decisão.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email