PF se insurge contra tentativa de ingerência de Bolsonaro na corporação

Tentativa de ingerência de Jair Bolsonaro na Polícia Federal, que nesta semana declarou que se quiser mudará o comando da corporação, poderá resultar em uma crise institucional sem precedentes na instituição. O diretor-geral da PF, Mauricio Valeixo, já disse que deixará o cargo caso Bolsonaro insista colocar seus próprios escolhidos em postos-chaves da PF, no que deverá ser seguido por dezenas de profissionais que ocupam cargos de chefia na corporação

SONY DSC
SONY DSC (Foto: SINPECPF)

247 - A tentativa de ingerência de Jair Bolsonaro na Polícia Federal, que nesta semana declarou que se quiser mudará o comando da corporação, poderá resultar em uma crise institucional sem precedentes na instituição. Segundo a revista Crusoé, o diretor-geral da PF, Mauricio Valeixo, já disse que deixará o cargo caso Bolsonaro insista colocar seus próprios escolhidos em postos-chaves da PF. 

Ainda conforme a reportagem, uma eventual saída de Valeixo resultaria em uma debandada geral de vários outros ocupantes de cargos de chefia. Segundo Valeixo, a corporação se fortaleceu institucionalmente nos últimos anos e” não irá se se dobrar às vontades dos poderosos de plantão.”

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247