Planalto analisa reformulação do Fies

Um grupo de estudos do Ministérios da Educação e da Fazenda avalia a possibilidade de reformulação do Financiamento Estudantil (Fies) a longo prazo; um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) estima um déficit de R$ 20 bilhões no programa no início da próxima década; técnicos estudam possível migração de parte dos financiamentos estudantis para o Programa Universidade Para Todos (ProUni), que consiste na entrega de bolsas a alunos em troca da renúncia fiscal às instituições

www.brasil247.com - estudantes universitários, alunos, Fies, prouni
estudantes universitários, alunos, Fies, prouni (Foto: Giuliana Miranda)


247 - Um grupo de estudos do Ministérios da Educação e da Fazenda avalia a possibilidade de reformulação do Financiamento Estudantil (Fies) a longo prazo. Um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) estima um déficit de R$ 20 bilhões no programa no início da próxima década. Técnicos estudam possível migração de parte dos financiamentos estudantis para o Programa Universidade Para Todos (ProUni), que consiste na entrega de bolsas a alunos em troca da renúncia fiscal às instituições.

As informações são da Coluna do Estadão.

"O ministro da Educação, Mendonça Filho, afirmou que os estudos são preliminares e ainda não há definições. A mudança necessita de critérios para transformar financiamento em fundo perdido."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email