Plano de governo de Bolsonaro falava em combater a fome, que agora ele diz que não existe no Brasil

Plano de governo apresentado pelo presidente Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral vai de encontro à afirmação feita pelo ex-capitão nesta sexta-feira (19), que disse ser “mentira” a existência de gente passando fome no Brasil

Brazil's President Jair Bolsonaro gestures during inauguration ceremony of the new Education Minister Abraham Weintraub at the Planalto Palace in Brasilia, Brazil April 9, 2019. REUTERS/Adriano Machado
Brazil's President Jair Bolsonaro gestures during inauguration ceremony of the new Education Minister Abraham Weintraub at the Planalto Palace in Brasilia, Brazil April 9, 2019. REUTERS/Adriano Machado (Foto: ADRIANO MACHADO - REUTERS)

247 - O plano de governo apresentado pelo presidente Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral vai de encontro à afirmação feita pelo ex-capitão nesta sexta-feira (19), que disse ser “mentira” a existência de gente passando fome no Brasil. 

No plano de governo que ele apresentou ao Tribunal Superior Eleitoral, contudo existe um tópico que ressalta que “nunca haverá estabilidade social na presença de fome, violência, miséria e de altas taxas de desemprego”, Em meio a outras promessas, o texto destaca a necessidade de se criar uma “sociedade justa” de maneira a "propiciar aos mais pobres oportunidades para que superem suas dificuldades e prosperem".

Nesta sexta-feira durante um café da manhã com jornalistas estrangeiros, Bolsonaro, porém, afirmou que “passar fome no Brasil é uma grande mentira. Passa-se mal, não come bem, aí eu concordo. Agora, passar fome, não. Você não vê gente, mesmo pobre, pelas ruas, com físico esquelético, como a gente vê em alguns outros países pelo mundo".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247