PML: PCdoB fala em unidade, mas foi primeiro a lançar candidatura própria

O jornalista Paulo Moreira Leite comenta a deliberação da direção nacional do PCdoB em conclamar a unidade da esquerda já no primeiro turno; ele desataca que, apesar do discurso, a sigla foi a primeira a lançar candidatura própria; “Eles começaram dividindo”, relembra; assista a íntegra do programa Boa noite 247

PML: PCdoB fala em unidade, mas foi primeiro a lançar candidatura própria
PML: PCdoB fala em unidade, mas foi primeiro a lançar candidatura própria

TV 247 - O programa Boa Noite 247 desta segunda-feira (23) destacou uma mensagem de Lula divulgada pelo deputado e advogado do ex-presidente Wadih Damous (PT-RJ) e a deliberação do PCdoB que conclama a unidade da esquerda ainda no primeiro turno das eleições presidenciais. 

O ex-presidente Lula, encarcerado arbitrariamente na sede da Polícia Federal  de Curitiba, desde o dia sete de abril, mandou uma mensagem divulgada por Damous, ressaltando que apresentará seu nome ao PT no dia quatro de agosto, dizendo que seguirá com sua candidatura até o fim, tendo o judiciário como único obstáculo para impedi-lo.

O jornalista Paulo Moreira Leite destaca que a fala de resistência de Lula é muito significativa. "Em 1964, por exemplo, o ex-presidente João Goulart pegou um avião e foi embora do Brasil, o único governador que resistiu foi o de Pernambuco, Miguel Arraes. Essa mensagem de Lula significa que ele não entregará os pontos", observa.

O jornalista Alex Solnik avalia o posicionamento do PCdoB em conclamar a unidade do campo progressista. "A questão é saber o que se passa nos bastidores, se está ocorrendo alguma articulação entre os partidos após o chamado pela unificação", aponta.

Paulo desataca que o PCdoB, partido que preza  pela unidade, foi o primeiro a lançar candidatura própria. “Eles começaram dividindo”, relembra.

A respeito de um segundo turno entre Jair Bolsonaro (PSL) e Geraldo Alckmin (PSDB) Solnik acha impossível uma candidatura de direita com extrema direita, "pois isso nunca aconteceu no Brasil", avalia. 

Já Moreira Leite relembra que, em vários países, a esquerda está enfraquecida, dando espaço para a ascensão da direita. "Podemos citar os processos eleitorais da Itália e França", ressalta.

Minha rua, minha vida 

O ex-prefeito João Doria (PSDB) ganhou destaque no fim de semana ao vir a público seu mais novo empreendimento: O tucano comprou uma rua na cidade de Campos do Jordão, por 170 mil reais, no entorno de sua mansão.

"Esse é o homem que quer ser governador de São Paulo, é uma irresponsabilidade elegê-lo governador, o tucano só quer aumentar sua fortuna a custa de cargos", denuncia Alex Solnik.

Inscreva-se na TV 247 e confira o programa Boa Noite 247

 

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247