PML: retirar processo de Moro beneficia Lula e a todos os brasileiros

O jornalista Paulo Moreira Leite analisa a decisão do STF que retirou das mãos de Sergio Moro o processo do sítio em Atibaia (SP); “Ressalvando que é preciso ler a decisão por completo, considero positiva a votação na suprema corte. Na prática, o caso passa para São Paulo. Se não tem ligação com a Petrobras, o processo não tem que ficar com o Moro. É relevante não apenas para Lula, mas para todos os brasileiros”, analisa; assista à íntegra do programa

O jornalista Paulo Moreira Leite analisa a decisão do STF que retirou das mãos de Sergio Moro o processo do sítio em Atibaia (SP); “Ressalvando que é preciso ler a decisão por completo, considero positiva a votação na suprema corte. Na prática, o caso passa para São Paulo. Se não tem ligação com a Petrobras, o processo não tem que ficar com o Moro. É relevante não apenas para Lula, mas para todos os brasileiros”, analisa; assista à íntegra do programa
O jornalista Paulo Moreira Leite analisa a decisão do STF que retirou das mãos de Sergio Moro o processo do sítio em Atibaia (SP); “Ressalvando que é preciso ler a decisão por completo, considero positiva a votação na suprema corte. Na prática, o caso passa para São Paulo. Se não tem ligação com a Petrobras, o processo não tem que ficar com o Moro. É relevante não apenas para Lula, mas para todos os brasileiros”, analisa; assista à íntegra do programa (Foto: Lais Gouveia)

TV 247 - O programa Boa Noite 247 desta terça-feira (24) abordou a conjuntura política nacional, em evidência os desdobramentos da prisão política de Lula. O Supremo Tribunal Federal (STF) retirou das mãos do juiz Sérgio Moro o processo do Sítio em Atibaia, fraudulentamente atribuído ao ex-presidente, movendo-o para São Paulo. Além disso, declarações de ministros do STF citam uma possível redução de pena da sentença que condenou Lula a 12 anos e um mês de cárcere.

O jornalista Paulo Moreira Leite analisa a decisão da suprema corte. “Ressalvando que é preciso ler a decisão por completo, considero positiva a votação no STF, uma mudança importante. Na prática, o caso passa para São Paulo, se não tem ligação com a Petrobras, o processo não tem que ficar com o Moro. É relevante não apenas para Lula, mas para todos os brasileiros”, analisa.

O jornalista Alex Solnik avalia a fala de Gilmar Mendes sobre uma possível redução de pena de Lula, que foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro. “São denuncias absurdas e nada de concreto foi apresentado para incriminar o ex-presidente, a acusação de lavagem de dinheiro então, é o extremo do absurdo”, salienta.

O ministro Luiz Fux declarou que a candidatura de Lula baseada em uma liminar do STF é uma possibilidade. “Vários candidatos já registraram suas candidaturas, foram eleitos e tomaram posse enquanto estavam presos. O caminho De lula agora deveria ser a prisão domiciliar seguida da liberdade plena”, projeta Alex Solnik.

A respeito da condenação do ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo (PSDB-MG), que pode ser preso a qualquer momento por ter seu recurso negado, Paulo Moreira Leite considera que o tucano está provando do veneno destilado pelo PSBD. “Desde o Mensalão, o PSDB defende penas duras e um discurso moralista, Azeredo está colhendo o veneno plantado pela própria sigla”, conclui. 

Inscreva-se na TV 247 e confira o programa:

Ao vivo na TV 247 Youtube 247