Polícia descobre túnel que levava a cofre do Banco do Brasil em Campo Grande

A operação terminou com dois mortos e sete presos. Segundo a polícia, o túnel de 63 metros já estava embaixo do cofre quando houve o confronto da polícia com os suspeitos. A organização criminosa era formada por mais de 20 pessoas especializadas em assaltos a bancos em todo o país

(Foto: Polícia Civil/Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Uma operação da Polícia Civil neste domingo (22) prendeu uma quadrilha que havia escavado um túnel de 63 metros até a central do Banco do Brasil, em Campo Grande (MS). A operação terminou com dois mortos e sete presos.

Segundo a polícia, o túnel já estava embaixo do cofre quando houve o confronto da polícia com os suspeitos. A organização criminosa era formada por mais de 20 pessoas especializadas em assaltos a bancos em todo o país.

Segundo as investigações da Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco e Resgate a Assaltos e Sequestros (Garras), a equipe chegou ao galpão da quadrilha no cruzamento das rua Alegrete com a Travessa Buriti, região do Monte Castelo, por volta das 00h30 (de MS). Lá eles flagraram o grupo cavando o túnel para roubar o banco.

O túnel já estava finalizado e o grupo já estava quase iniciando o assalto quando a operação ocorreu, de acordo com o delegado João Paulo Sartori. "Eles fizeram um furo e usavam uma broca com uma câmera para visualizar o que tinha dentro do cofre", afirma.  

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247