Polícia prende quatro e apreende 15 fuzis na Rocinha

Secretaria de Segurana do Rio divulga balano do 1 dia de operao: 20 pistolas, uma submetralhadora, duas espingardas, trs granadas, mais de 15 mil unidades de munio, 61 bombas artesanais

Polícia prende quatro e apreende 15 fuzis na Rocinha
Polícia prende quatro e apreende 15 fuzis na Rocinha (Foto: JADSON MARQUES/AGÊNCIA ESTADO)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

As polícias Civil e Militar prenderam quatro suspeitos e apreenderam 15 fuzis neste domingo, 13, o primeiro dia da Operação Choque de Paz, nas favelas da Rocinha, Vidigal e Chácara do Céu, na zona sul do Rio de Janeiro.

Também foram apreendidas 20 pistolas, uma submetralhadora, duas espingardas, 20 rojões, três granadas, mais 15 mil munição para armas de calibres diversos, 61 bombas artesanais e dois rádios transmissores. Os policiais encontraram 112 quilos de maconha, além de 60 quilos de pasta base de cocaína. Setenta e cinco motos e um automóvel Toyota Hilux foram recuperados. Duas centrais clandestinas de TV a cabo foram fechadas. O balanço sobre divulgado nesta tarde é sobre as apreensões realizadas entre a manhã e às 18 horas.

Os agentes partiram iniciaram a retomada das comunidades de Rocinha, Vidigal e Chácara do Céu às 4 horas. Dezoito blindados dos Fuzileiros Navais, seis blindados "Caveirão", além de helicópteros blindados e um helicóptero observador que transmite imagens em tempo real através de uma câmera térmica - foram deslocados para permitir um acesso mais seguro das tropas às comunidades. Por volta das 6hs da manhã as forças de pacificação reassumiram o controle de todo o complexo da Rocinha, sem que um único tiro fosse disparado.

A Operação Choque de Paz foi precedida por outras ações antes da ocupação deflagradas ao longo de duas semanas. Nesse período, as polícias Militar, Civil, Federal e Rodoviária Federal 37 pessoas foram presas - entre eles 1 policial militar e 3 policiais civis - e 7 menores apreendidos. Entre os detidos, estão os líderes de facções Antônio Francisco Bomfim Lopes, o "Nem"; Anderson Rosa Mendonça, o "Coelho"; Varquia Garcia dos Santos, o "Carré"; e Sandro Luis de Paula Amorim, o "Peixe". Oito suspeitos morreram em trocas de tiros com os agentes.

Grande quantidade de drogas foi capturada pela Polícia Militar nessas operações, totalizando 3.086 sacolés de cocaína, 1.519 pedras de crack, 355 papelotes de cocaína e 537 trouxinhas de maconha. Dois automóveis e oito motos também foram apreendidos, além de 46 armas, 10 granadas e 32 artefatos caseiros.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email