CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

Polícia reprime com violência marcha da maconha

Gs lacrimogneo usado para dispersar manifestantes; debate, que necessrio, vem sendo interditado

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

A Polícia Militar informou neste sábado que oito pessoas foram detidas durante um protesto a favor da liberdade de expressão, na Avenida Paulista, em São Paulo nesta tarde. Eles foram levados para o 78º Distrito Policial. Para dispersar os manifestantes, a PM lançou bombas de gás lacrimogêneo.

Aproximadamente 500 pessoas se reuniram no vão livre do Masp, na Avenida Paulista, às 14 horas, em manifestação contra a decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) que proibiu a realização da Marcha da Maconha, marcada para acontecer hoje. A decisão da 2a Câmara de Direito Criminal, foi motivada por uma ação do Ministério Público Estadual, que enxerga no movimento o crime de indução ou instigação ao uso de drogas.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A manifestação fechou o tráfego na Avenida Paulista entre 15 horas e 15h25, na altura da Rua Peixoto Gomide, segundo informou a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Depois, o grupo seguiu pela Rua da Consolação. O protesto terminou por volta de 15h30.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO