Polícia vai reforçar segurança em Santa Teresa, no Rio

Regio onde hotel de luxo foi assaltado ontem, na capital carioca, ganhar mais policiais

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasil – O secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, disse nesta segunda-feira, 18, por meio de nota, que a secretaria vai reforçar ainda mais o policiamento no bairro de Santa Teresa, onde fica o Hotel Santa Teresa, que foi assaltado por quatro homens na madrugada de domingo, 17. Beltrame lamentou o assalto e garantiu mais policiais na região.

“A Secretaria de Segurança vai utilizar as instalações que pertenciam ao Hospital Quarto Centenário, e que foram cedidas pela prefeitura, para receber reforço de policiais que serão deslocados para Santa Teresa”.

A polícia fez o retrato falado de um dos assaltantes e requisitou a fita com as imagens da câmera de segurança do hotel para facilitar as investigações. Os quatro homens levaram os pertences de pelo menos 15 hóspedes.

Para o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro (Abih-RJ), Alberto Lopes, o assalto não vai afetar a imagem e nem reduzir o fluxo de turistas que procuram a cidade. Ele também acha que o fato não vai prejudicar a atual política de segurança do estado.

“Foi um episódio isolado e que não vai denegrir toda uma política de segurança que vem sendo implantada pelo governo do estado”. Lopes disse ainda que o hotel cumpriu com a obrigação de instalar um sistema de monitoramento e que as câmeras captaram a ação dos criminosos. “Dali para fora é com a polícia”, completou.

O assalto ocorreu quase cinco meses após a ocupação policial de uma favela existente no bairro para a instalação de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email