Policiais federais em greve fazem novo protesto em SP

Agentes da PF mantêm paralisação; categoria decide esperar proposta do governo de braços cruzados; ministério do Planejamento promete apresentar alternativa até sexta-feira; prazo irrita grevistas, que realizarão doação coletiva de sangue para sensibilizar população

Policiais federais em greve fazem novo protesto em SP
Policiais federais em greve fazem novo protesto em SP (Foto: Nelson Antoine/Folhapress)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Num setor estratégico – a Polícia Federal --, a greve do funcionalismo público está se ampliando. Nesta segunda-feira 13, dezenas de agentes da PF realizaram protesto em frente à Superintendência em São Paulo. Na terça, eles irão fazer uma doação coletiva de sangue como forma de manter a mobilização e sensibilizar favoravelmente a população.

A categoria está em greve desde a terça-feira passada em todo o País. Depois de uma assembleia realizada na sexta-feira, agentes escrivães e papiloscopistas decidiram manter a paralisação. Os policiais pedem reajuste salarial, remuneração de nível superior para as carreiras, entre outras coisas. O sindicato realiza nova assembleia na quinta-feira.

Não houve avanço nas negociações após reuniões da Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais) com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. O governo federal planeja responder às reivindicações dos policiais federais na sexta-feira, assim como a mais de 30 categorias do funcionalismo público que estão em greve em todo do País.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email