Povo sem Medo convoca manifestação e o "fora Bolsonaro" pode ganhar as ruas

A Frente Povo Sem Medo, coordenada pelo ativista Guilherme Boulos, líder do MTST, convocou para a próxima segunda-feira (5) manifestações contra o governo Jair Bolsonaro; a gestão atual "promoveu nos últimos dias uma escalada autoritária no país", diz texto do evento; "Bolsonaro quer intimidar a sociedade e atacar quem resiste"

247 - A Frente Povo Sem Medo, coordenada pelo ativista Guilherme Boulos, líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), convocou para a próxima segunda-feira (5) manifestações contra apologia do governo Jair Bolsonaro a regimes ditatoriais. 

Com um evento intitulado "Ato Ditadura nunca mais!" no Facebook, a frente disse que "o Governo Bolsonaro promoveu nos últimos dias uma escalada autoritária no país".

"Com palavras, atacou a memória de Fernando Santa Cruz, desaparecido politico da ditadura, revelando sua cumplicidade com o crime e fez piada com 57 mortes em presídio no Pará. Com gestos, seu ministro Moro editou a Portaria 666, insinuando a deportação do jornalista Glenn Greenwald, cuja prisão foi defendida pelo próprio Bolsonaro", diz a publicação.

De acordo com o texto, "Bolsonaro quer intimidar a sociedade e atacar quem resiste. Ao mesmo tempo em que ataca direitos conquistados na Constituição de 88, como a Previdência Pública e a autonomia universitária, além de curvar a soberania nacional".

"É preciso reagir, antes que seja tarde. Por isso, a Frente Povo Sem Medo está convocando mobilização para a próxima  segunda feira, dia 5/8, em São Paulo, com o mote DITADURA NUNCA MAIS. Vamos às ruas!".

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247