CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

Preso nos EUA brasileiro acusado de matar os pais

O mineiro Carlos Campos Jnior, de 21 anos, levou a polcia at os corpos aps ter confessado o crime

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Um jovem brasileiro está preso nos Estados Unidos acusado de matar a facadas os próprios pais, também brasileiros, e uma sobrinha de 3 anos, nascida em solo norte-americano. O carpinteiro Carlos Campos Júnior, de 21 anos, foi internado no Jersey City Medical Center, em New Jersey, onde será submetido a exame de sanidade mental.

O crime ocorreu na manhã de terça-feira, dia 16. Na ocasião, Júnior, que fazia tratamento para depressão há cerca de seis meses, chegou a uma delegacia todo sujo de sangue e informando que havia matado a própria família. Quando a polícia foi até a casa, na pequena cidade de Harrison, constatou que ele falava a verdade.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Na residência, estavam os corpos de Ruthléia Pereira, de 58 anos, natural de Governador Valadares (MG), seu marido Carlos Campos Trinidad, de 56, de Belo Horizonte, e a neta do casal, Gabriela Morales, de 3. A mãe de Gabriela e irmã do acusado, Priscila Pereira, de 28, também natural de Governador Valadares, trabalhava em uma missão no Haiti quando a família foi morta.

Uma tia de Ruthléia, Lindaura da Silva Mattos, que vive em São Paulo, mas seguiu para a casa da família em Governador Valadares ao saber do crime, contou que a sobrinha deixou o Vale do Rio Doce há mais de 30 anos para viver nos Estados Unidos. Mas, segundo Lindaura, a família é muito unida e Ruthléia vinha ao Brasil pelo menos duas vezes por ano. "Ela foi minha primeira sobrinha. É um sofrimento que não desejamos para ninguém", desabafou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO