Procuradores da Lava Jato discutiram pressionar Emílio Odebrecht e disseram que ele era 'delator muito ruim' em ação contra Lula

Procuradores da Lava Jato reclamaram da delação de Emilio Odebrecht. "Estamos quase desistindo dele na ação do Lula", afirmou um dos investigadores

(Foto: Reprodução/JFPR - 12.abr.2017)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Procuradores da Operação Lava Jato ficaram irritados com Emílio Odebrecht sob o argumento de que o empreiteiro não era um bom delator. Foi o que apontaram os diálogos apresentados pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Supremo Tribunal Federal (STF) nessa sexta-feira (12).

"Precisamos pressioná-lo, pq ele é mto. ruim colaborador", disse um dos investigadores. "Estamos quase desistindo dele na ação do Lula", complementou. A informação foi publicada pela coluna de Mônica Bergamo.

As conversas já haviam apontado que a procuradora Carolina Rezende citou o o ex-presidente como o principal alvo da Operação Lava Jato. "Precisamos atingir Lula na cabeça (prioridade número 1)", afirmou a procuradora, que integrava a equipe do então procurador-geral da República Rodrigo Janot em 2016. A troca de mensagens ocorreu no dia 5 de março daquele ano.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email