Projeto de lei do governo pode resgatar auxílio para pessoa com deficiência

No mesmo projeto de lei em que permite às empresas não cumprir as cotas de contratação de pessoas com deficiência, o governo Bolsonaro prevê a criação do auxílio-inclusão

(Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governo de Jair Bolsonaro pode tirar do papel o auxílio concedido a pessoas com deficiência, previsto na Lei Brasileira de Inclusão, o Estatuto da Pessoa com Deficiência, de 2015.

O mesmo projeto de lei que permite às empresas não cumprir as cotas de contratação de pessoas com deficiência prevê a criação do auxílio-inclusão.

A implantação foi considerada positiva por representantes dos trabalhadores com deficiência, mas as regras, um pouco excessivas, segundo reportagem da Folha de S.Paulo.

Hoje, a pessoa com deficiência que recebe o BPC –benefício assistencial no valor de um salário mínimo– perde esse direito ao conseguir trabalho. O auxílio será de R$ 499 neste ano, metade do BPC.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247