Promotor é suspenso por 30 dias após postagem ofensiva contra Gilmar Mendes

O promotor de Justiça Fernando Krebs, do Ministério Público de Goiás, foi suspenso por 30 dias por compartilhar uma mensagem que defendia declaração do ex-PGR Rodrigo Janot, que afirmou ter cogitado matar Gilmar Mendes

Gilmar Mendes, ministro do STF
Gilmar Mendes, ministro do STF (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O promotor de Justiça Fernando Krebs, do Ministério Público de Goiás, foi suspenso por 30 dias por compartilhar uma mensagem ofensiva contra o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF). A punição foi determinada ontem pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Em setembro de 2019, após o ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, declarar que cogitou matar Gilmar Mendes dentro do STF com um "tiro na cara", Krebs compartilhou uma publicação do Twitter, feita por outra pessoa, que dizia: "Quem somos nós para julgar Janot? O homem chegou mais perto de fazer a vontade do povo do que qualquer um".

O CNMP considerou a manifestação "apologia criminosa, discurso de ódio, incitação à violência e caráter ofensivo". O conselheiro Luciano Nunes Maia Freire declarou que "aquele que replica uma postagem ofensiva também é responsável por seu conteúdo".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247