PSB decide reavaliar posição contrária à reforma da Previdência

Apesar do partido ter fechado posição contrária contra a reforma da Previdência, o diretório nacional do PSB pode rever sua posição em relação ao texto que será apresentando para votação da comissão especial da Câmara dos Deputados

Tadeu Alencar - PSB
Tadeu Alencar - PSB

247 - Apesar da legenda ter fechado posição contrária à proposta de reforma da Previdência, o diretório nacional do PSB marcou nova reunião para reavaliar o texto que será analisa pela comissão especial da Câmara dos Deputados.

De acordo com reportagem do Congresso em Foco, a reunião será realizada no próximo dia 8, na mesma semana em que o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), quer levar o texto para plenário.

“Quando decidimos fechar a questão contra a reforma, decidimos também que, como a proposta que sairia da comissão seria muito diferente, não poderíamos fechar questão em relação a uma coisa que não conhecíamos. Então, agora na comissão, como ficou acertado antes, vamos votar contra. Mas, no dia 8, antes da proposta ir ao plenário, vamos reavaliar o texto”, explicou o líder do PSB na Câmara, Tadeu Alencar (PE).

“Vamos examinar o relatório que vai ser votado na próxima semana para apreciar qual é de fato a mudança que vai a plenário e a, partir dela, discutir nossa posição”, endossou o presidente nacional do partido, Carlos Siqueira.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247