PSD abre consultas internas para definir apoio e alianças no primeiro turno

A tendência, porém, é que o PSD acabe liberando seus filiados, uma vez que os principais nomes do partido não se dispuseram a disputar a eleição presidencial

www.brasil247.com -
(Foto: Marcelo Camargo - ABR)


247 - O PSD, partido de Gilberto Kassab, deu início às discussões para definir quem a legenda irá apoiar no pleito presidencial de outubro. O apoio da sigla vem sendo disputado pelo PT e por partidos da chamada terceira via. De acordo com a Coluna do Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo, “Kassab consultou anteontem o diretório do Rio de Janeiro, onde o prefeito Eduardo Paes e seus aliados disseram preferir que, na ausência de um nome próprio, o partido não apoie ninguém”. 

Caso esta seja a decisão final, os políticos ficarão livres para apoiar os candidatos que acharem melhor. Na semana que vem, o partido deverá ouvir lideranças da Bahia e do Amazonas, “onde Otto Alencar e Omar Aziz já indicaram preferir ficar liberados para apoiar Luiz Inácio Lula da Silva, o que não é consenso dentro da sigla”.

Ainda segundo a reportagem, “a maior probabilidade, neste momento, é que o PSD acabe liberando seus filiados, uma vez que os principais nomes do partido, como o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), não se animaram em se candidatar”. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além disso, a opção de apoiar nenhum candidato oficialmente permitirá que o dinheiro do fundo eleitoral seja utilizado para potencializar as campanhas de governadores, deputados e senadores do partido.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email