PSDB jovem e MBL formam aliança

A ala jovem tucana que quer o desembarque do partido do governo de Michel Temer deve se unir ao MBL (Movimento Brasil Livre) para as eleições de 2018, dentro ou fora do PSDB; o MBL teve atuação decisiva no golpe que destituiu Dilma Rousseff em 2016 e tem se notabilizado como fábrica de ataques e difamações na internet

A ala jovem tucana que quer o desembarque do partido do governo de Michel Temer deve se unir ao MBL (Movimento Brasil Livre) para as eleições de 2018, dentro ou fora do PSDB; o MBL teve atuação decisiva no golpe que destituiu Dilma Rousseff em 2016 e tem se notabilizado como fábrica de ataques e difamações na internet
A ala jovem tucana que quer o desembarque do partido do governo de Michel Temer deve se unir ao MBL (Movimento Brasil Livre) para as eleições de 2018, dentro ou fora do PSDB; o MBL teve atuação decisiva no golpe que destituiu Dilma Rousseff em 2016 e tem se notabilizado como fábrica de ataques e difamações na internet (Foto: Giuliana Miranda)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A bancada jovem tucana que quer o desembarque do partido do governo de Michel Temer deve se unir ao MBL (Movimento Brasil Livre) para as eleições de 2018, dentro ou fora do PSDB.

As conversas entre os parlamentares do grupo, ci onhecido como "cabeças pretas", e os coordenadores do movimento de direita, que teve atuação decisiva no golpe de 2016 e, mais recentemente, tem de dedicado a ataques contra opositores nas redes sociais, têm se intensificado com o avanço do calendário pré-eleitoral.

"Temos uma convergência na agenda parlamentar agora e estamos conversando para eventualmente na eleição lançar e apoiar candidatos do mesmo partido", afirma Renan Santos, um dos coordenadores do MBL.

"As ideias liberais de redução do Estado têm nos unido, além é claro de uma presença tanto dos 'cabeças pretas' como do MBL junto à juventude e à força de redes sociais", afirma o deputado Daniel Coelho (PSDB-PE).

As informações são de reportagem de Angela Boldrinna Folha de S.Paulo.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email