PT pode promover mudanças na Previdência, fragilizada por reforma feita por golpistas

Partido avalia que reforma da Previdência destruiu o sistema de aposentadoria

www.brasil247.com - Fila de pessoas na Previdência Social
Fila de pessoas na Previdência Social (Foto: Agência Brasil)


247 - Em debates que deverão ser usados como subsídio para o programa de governo de Lula, economistas do partido defendem rever a reforma da Previdência, que destruiu o sistema de aposentadoria no país. 

"A reforma destruiu a Previdência, nós vamos ter que reconstruí-la", diz Clemente Ganz, ex-diretor do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) e um dos coordenadores do grupo sobre trabalho e Previdência da Fundação Perseu Abramo, entidade ligada ao partido que está à frente de discussões programáticas. A informação é da Folha de S.Paulo.

De acordo com o PT, a precarização do trabalho implementada sobretudo no governo de Michel Temer retirou uma fonte de financiamento importante da Previdência, gerando déficits crescentes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nas discussões, os economistas do PT defendem que é necessário buscar formas de financiamento da Previdência. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email