PT vai ingressar com 3 ações contra procuradores da Lava Jato

Estão previstas uma notícia-crime junto à PGR pelos crimes de “prevaricação, abuso de autoridade e condescendência criminosa”, além de uma ação civil pública e uma representação pedindo que seja aberto um processo ético e disciplinar junto ao CNMP

Bandeira do PT; Procuradores da força-tarefa da Lava Jato reunidos, com Roberson Pozzobon e Deltan Dallagnol à frente
Bandeira do PT; Procuradores da força-tarefa da Lava Jato reunidos, com Roberson Pozzobon e Deltan Dallagnol à frente (Foto: Lula Marques | Reprodução/Facebook)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O PT vai ingressar com três pedidos de investigação contra os procuradores que integram a força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba. Segundo reportagem do blog da jornalista Mônica Bergamo, o partido afirma que os procuradores agiram “de modo absolutamente ilegal, desrespeitando a autoridade central do Ministério da Justiça, para promover uma persecução penal direcionada e criminosa”. 

As ações tratam da cooperação ilegal envolvendo a troca de informações com agentes norte-americanos do FBI, além da denúncia de compras de equipamentos para a realização de captação ilegal de ligações telefônicas. 

A reportagem destaca que estão previstas uma notícia-crime encaminhada junto à Procuradoria Geral da República (PGR) pelos crimes de “prevaricação, abuso de autoridade e condescendência criminosa”, além de uma ação civil pública e uma representação pedindo que seja aberto um processo ético e disciplinar junto ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247