Queiroz ameaça clã Bolsonaro e se diz abandonado

Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro, um dos principais implicados no esquema das rachadinhas e outras práticas de lavagem de dinheiro no gabinete do filho de Jair Bolsonaro quando era deputado na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, tem enviado sinais ao Palácio do Planalto que soam como chantagem e amedrontam o clã do titular do Poder Executivo

Flávio e Queiroz
Flávio e Queiroz
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 -  O ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, se tornou uma espécie de fantasma que assombra o Palácio do Planalto. 

Queiroz faz questão de alimentar o medo na família presidencial, informa O Antagonista, que ressalta: "Manda recados ao clã e não esconde o temor quanto aos efeitos das investigações de um suposto esquema de 'rachid' na Assembleia Legislativa do Rio, a Alerj.   

O ex-assessor de Flávio sente-se abandonado por aqueles que um dia foram seus grandes amigos.   

O site relembra o áudio vazado em 26 de outubro, por meio da imprensa: “Eu não vejo ninguém mover nada para tentar me ajudar aí”.   

O protagonista do escândalo das rachadinhas e outras ilegalidades de Flávio Bolsonaro escancarou seus receios. “O MP está com uma pica do tamanho de um cometa para enterrar na gente e não vi ninguém agir”, disse ao interlocutor desconhecido.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247