"Quem quiser o lado dos banqueiros, que vá", diz presidente do PDT em recado a Tabata

Sem citar nomes, o presdiente nacioanl do PDT, Carlos Lupi, reafirmou a posição do partido contra a reforma da Previdência: "Quem quiser o lado dos banqueiros, que vá para o lado de lá. O Trabalhismo Brasileiro, desde Getúlio Vargas, é para defender o trabalhador, o pobre, a classe média", afirmou

247 - O presidente nacioanl do PDT, Carlos Lupi, classificou como "nefasta" a proposta de reforma da Previdência e reafirmou a posição do partido contra a medida, que está em votação neste momento na Câmara dos Deputados.

"Quem quiser o lado dos banqueiros, que vá para o lado de lá. O Trabalhismo Brasileiro, desde Getúlio Vargas, é para defender o trabalhador, o pobre, a classe média", afirmou Lupi em sua página no Twitter.

A deputada Tabata Amaral (SP) é favorável à reforma e tenta liderar um grupo dentro do PDT que também promete acompanhá-la na votação. A executiva nacional do partido já avisou aos parlamentares que quem votar a favor da reforma pode até ser expulso do partido.

"Meu voto pela Reforma da Previdência não foi vendido, é por convicção", disse ela em um vídeo postado em sua página.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247