Randolfe recebe ameaças após Luciano Hang espalhar informação falsa

"Você merece tomar muita porrada nessa sua cara, seu pila do crl", escreveu um usuário das redes, após a fake news compartilhada pelo dono da Havan

Havan, de Luciano Hang, utilizou R$ 12.323.338,27 dos cofres públicos via Lei Rouanet
Havan, de Luciano Hang, utilizou R$ 12.323.338,27 dos cofres públicos via Lei Rouanet
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – "O dono da Havan e apoiador de Jair Bolsonaro, Luciano Hang compartilhou uma informação falsa que levou o senador Randolfe Rodrigues, da Rede do Amapá, a sofrer ameaças nas redes sociais. Hang publicou em sua página no Facebook um vídeo em que o apresentador Sikera Jr., do programa Alerta Amazonas, criticou a lei de abuso de autoridade, e culpou Randolfe por ter criado uma lei para 'proteger os políticos'”, informa o jornalista Guilherme Amado, em sua coluna na revista Época.

"A informação é errada porque Randolfe, embora tenha sido quem apresentou em 2017 o projeto, não foi o responsável pelos pontos da proposta aprovada e que se tornou lei e que abre brechas para intimidar policiais, procuradores e juízes e atrapalhar o combate à corrupção. Na mensagem que acompanha o vídeo, Hang também criticou o senador e manteve, sem checar ou sabe-se lá por quê, a afirmação do apresentador", diz ainda o jornalista.

"Você merece tomar muita porrada nessa sua cara, seu pila do crl", escreveu um usuário das redes.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247