CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

Raul Araújo, do TSE, vota a favor de Bolsonaro e contra inelegibilidade

Apesar de ter frustrado Jair Bolsonaro não pedindo vista, para adiar o julgamento, o ministro votou contra a inelegibilidade do ex-mandatário. Placar é de 1 a 1

Imagem Thumbnail
Raul Araújo (Foto: Alejandro Zambrana/Secom/TSE)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Apesar de ter frustrado Jair Bolsonaro (PL) e aliados ao não pedir vista no julgamento desta quinta-feira (29) do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Raul Araújo votou a favor do ex-mandatário e contra sua inelegibilidade.

O ministro ainda divergiu do relator, ministro Benedito Gonçalves, e rejeitou a inclusão da minuta golpista encontrada na casa de Anderson Torres no processo. Por outro lado, ele concordou em isentar Walter Braga Netto, candidato a vice-presidente da chapa de Bolsonaro em 2022, de responsabilidade no caso.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Raul Araújo afirmou "inexistir o requisito de suficiente gravidade" na conduta de Bolsonaro durante a reunião com embaixadores, quando ele atacou, com mentiras, o sistema eleitoral brasileiro. Sobre a transmissão do evento pela TV Brasil, o ministro alegou que "debater a qualificação da reprodução da reunião pela EBC como desvio de finalidade só tem sentido caso previamente considerada abusiva e grave a própria reunião transmitida, o que já foi afastado".

O placar do julgamento - até o fechamento desta reportagem - é de 1 a 1.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O julgamento começou no dia 22 de junho, quando o corregedor-geral da Justiça Eleitoral, ministro Benedito Gonçalves, leu a íntegra do relatório, um resumo da tramitação da ação no TSE, informando as diligências solicitadas, os depoimentos tomados, bem como as perícias e as providências requeridas pelo relator na etapa de instrução processual.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO