Rejeição a Bolsonaro disparou em quatro pesquisas diferentes

Datafolha, XP/Ipespe, Vox Populi e CNT/MDA demonstram queda na aprovação e disparada na reprovação do governo de Jair Bolsonaro – o governante mais impopular da história do Brasil em início de mandato

(Foto: ADRIANO MACHADO - REUTERS)

Por Lucas Rocha, na revista Fórum – Especialistas alertam para o fato de que pesquisas de opinião de institutos diferentes não devem ter seus números consolidados comparadas entre si devido às diferenças metodológicas, mas, sim, o desenvolvimento gradual de cada uma delas. Observando as curvas apresentadas por quatro institutos (Datafolha, Ipespe, Vox Populi e MDA) que publicaram novos levantamentos nos últimos 7 dias, constata-se que Bolsonaro está realmente em queda na aprovação diante da opinião pública.

Avaliação negativa do governo

As duas mais recentes são a do tradicional Datafolha e a da Ipespe, encomendada pela XP Investimentos e mais ligada ao mercado financeiro. Nas duas há uma oscilação negativa parecida. A avaliação do governo como ruim/péssima saltou de 36%, em julho, para 43% no Datafolha. Enquanto no Ipespe a oscilação partiu de 35%, em julho, subiu para 38%, em agosto, e chegou a 41%, em setembro. No Datafolha, o ótimo/bom fica em 29%, enquanto no Ipespe o índice chega a 30%.

No Vox Poppuli, revelado na sexta-feira, o Ruim/Péssimo chegou a 40% após aparecer com 30% em abril, enquanto na pesquisa CNT/MDA, divulgada na segunda-feira da última semana, os números saltaram de 19%, em fevereiro, para 39,5%. Na CNT, a avaliação positiva despencou de 38,9% para 29,4%, enquanto no Vox Poppuli caiu de 26% para 23%.

Dessa maneira, em todos os levantamentos, a avaliação negativa do governo gira em torno de 40%, ultrapassando o índice nas duas pesquisas mais recentes. As avaliações positiva e, por consequência, a regular, são as que apresentam maiores diferenças.

Reprovação pessoal de Bolsonaro

A reprovação pessoal de Bolsonaro subiu de 33% para 38% no Datafolha, enquanto na pesquisa CNT/MDA ela foi de 28,2% para 57%. Já a Vox Poppuli mostrou uma oscilação de 28% para 44% de pessoas dizendo “não gostar” do presidente. Na XP/Ipespe, a opinião negativa sobre Bolsonaro subiu de 26% para 33%.

Leia a íntegra na Fórum

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247