Rejeitado por Biden, Bolsonaro não vai à Cúpula das Américas

Recentemente, Bolsonaro mostrou irritação com as revelações de que o diretor da CIA, William Burns, recomendou que o Bolsonaro deveria parar de duvidar do sistema eleitoral

www.brasil247.com - Jair Bolsonaro e Joe Biden
Jair Bolsonaro e Joe Biden (Foto: REUTERS/Adriano Machado | REUTERS/Leah Millis)


BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro não deve comparecer à Cúpula das Américas, marcada para os dias 6 a 10 de junho, em Los Angeles, de acordo com fontes ouvidas pela Reuters.

A decisão ainda não é definitiva, e o presidente até agora não deu razões para sua intenção de não comparecer ao evento, segundo as fontes.

Consultado, o Itamaraty disse que "a presença do presidente está sob avaliação e não confirmada."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com uma fonte, conversas iniciais chegaram a ser feitas entre as diplomacias de Brasil e Estados Unidos sobre a possibilidade de um encontro oficial entre Bolsonaro e o presidente norte-americano, Joe Biden, mas não teriam avançado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Recentemente, Bolsonaro mostrou irritação com as revelações, feitas pela Reuters, de que o diretor da CIA, William Burns, em visita ao Brasil, teria dito ao governo brasileiro que o presidente deveria parar de levantar dúvidas sobre o sistema de votação no país.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O governo brasileiro negou as conversas, que foram confirmadas à Reuters por fontes que acompanharam o encontro de Burns com autoridades brasileiras.

Desde a derrota de Donald Trump para Joe Biden na eleição presidencial norte-americana, houve um afastamento entre Bolsonaro e o governo dos EUA. O brasileiro foi um dos últimos chefes de Estado a cumprimentar o democrata Biden pela eleição, e até hoje não houve contatos oficiais entre os dois presidentes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email