Robson Sávio: Dallagnol faz do MP uma agência paraestatal

O cientista político Robson Sávio afirmou que o procurador Deltan Dallagnol faz do Ministério Público Federal uma "agência paraestatal"; "Numa sociedade minimamente democrática, todas as pessoas e instituições são passíveis de controle externo, justamente para evitar a tirania e os arroubos autoritários daqueles que não se submetem à lei e à Constituição. O filhote da ditadura, serviçal do tio Sam, não tem nenhum constrangimento em se colocar acima da lei e da Constituição. Ele e seus parças podem tudo: 'Ninguém pode mandar no que a gente faz', disse despudoradamente e sem constrangimento aquele que faz do MP uma agência paraestatal", escreveu Sávio em sua página no Facebook

O cientista político Robson Sávio afirmou que o procurador Deltan Dallagnol faz do Ministério Público Federal uma "agência paraestatal"; "Numa sociedade minimamente democrática, todas as pessoas e instituições são passíveis de controle externo, justamente para evitar a tirania e os arroubos autoritários daqueles que não se submetem à lei e à Constituição. O filhote da ditadura, serviçal do tio Sam, não tem nenhum constrangimento em se colocar acima da lei e da Constituição. Ele e seus parças podem tudo: 'Ninguém pode mandar no que a gente faz', disse despudoradamente e sem constrangimento aquele que faz do MP uma agência paraestatal", escreveu Sávio em sua página no Facebook
O cientista político Robson Sávio afirmou que o procurador Deltan Dallagnol faz do Ministério Público Federal uma "agência paraestatal"; "Numa sociedade minimamente democrática, todas as pessoas e instituições são passíveis de controle externo, justamente para evitar a tirania e os arroubos autoritários daqueles que não se submetem à lei e à Constituição. O filhote da ditadura, serviçal do tio Sam, não tem nenhum constrangimento em se colocar acima da lei e da Constituição. Ele e seus parças podem tudo: 'Ninguém pode mandar no que a gente faz', disse despudoradamente e sem constrangimento aquele que faz do MP uma agência paraestatal", escreveu Sávio em sua página no Facebook (Foto: Aquiles Lins)

247 - O cientista político Robson Sávio afirmou neste domingo, 24, que o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força tarefa da operação Lava Jato em Curitiba, faz do Ministério Público Federal uma "agência paraestatal".

"Numa sociedade minimamente democrática, todas as pessoas e instituições são passíveis de controle externo, justamente para evitar a tirania e os arroubos autoritários daqueles que não se submetem à lei e à Constituição. O filhote da ditadura, serviçal do tio Sam, não tem nenhum constrangimento em se colocar acima da lei e da Constituição. Ele e seus parças podem tudo: 'Ninguém pode mandar no que a gente faz', disse despudoradamente e sem constrangimento aquele que faz do MP uma agência paraestatal", escreveu Sávio em sua página no Facebook.

Ele compartilhou reportagem do jornal O Tempo, em que Deltan mandou um recado à nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge. “Ninguém pode mandar dizer o que a gente faz ou deixa de fazer em Curitiba”, disse Deltan (leia mais).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247