Rosa Weber se consolida como incógnita

Depois do voto mais confuso da história do STF, a ministra Rosa Weber volta a ser assunto nos corredores em Brasília; a opinião de magistrados é a de que a ministra irá negar a alteração da jurisprudência no que diz respeito à condenação em segunda instância, diferentemente do que ele vinha defendendo ao longo das discussões

rosa weber
rosa weber (Foto: Gustavo Conde)

247 – Da coluna de Mônica Bergamo:

“A ministra Rosa Weber já não é considerada voto certo pela mudança na regra que autoriza a prisão depois de condenação em segunda instância, o que poderia livrar, no futuro, o ex-presidente Lula do cárcere.

Magistrados tanto a favor quanto contrários à alteração fizeram uma releitura do voto da ministra no habeas corus de Lula e entenderam que ela deu várias pistas de que pode votar para negar qualquer nova alteração na jurisprudência - ainda que já tenha se posicionado no passado contrária a ela.

Leia mais aqui.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247