Saída de Lula da prisão causa apreensão no centro e centro-direta

Setores políticos de centro e centro-direita temem que ao sair da prisão Lula realize uma política oposicionista assertiva e polarize com o governo de extrema-direita de Jair Bolsonaro

(Foto: Rede Brasil atual)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Já antes da decisão do STF que revogou a autorização para prisão em segunda instância, líderes de partidos de centro e centro-direita começaram a fazer seus cálculos sobre que impacto terá a saída do ex-presidente Lula da cadeia. 

Um experiente integrante do MDB disse a investidores na semana passada que “o maior problema do país, hoje, é como o Lula vai sair” - informa a coluna Painel da Folha de S.Paulo.   

Começou a circular a tese de que o melhor é que Lula incorpore “um espírito Mandela” e de que “se ele voltar mais PT do que Lula, o presidente Bolsonaro só tem a ganhar”.   

Esses setores temem mais do que nunca a polarização política, a ocupação dos espaços pelo líder petista e a liderança que poderá exercer na oposição ao governo de extrema-direita.   

Lula já emitiu sinais de que não vai fazer giro ao centro e vai percorrer o país para reforçar a oposição ao governo de Bolsonaro.  

De acordo com a coluna, a volta de Lula ao cenário político amplia a pressão sobre o centro, avaliam dirigentes de partidos desse espectro, à medida que reforça a polarização num momento em que o agrupamento ainda não tem um nome que o represente eleitoralmente.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247